Você, alguma vez, parou para pensar em como os carros são roubados hoje em dia? Isto é, na maneira exata como isso é feito?

Como os ladrões superam a tecnologia instalada pelos fabricantes de veículos?

Atualmente, o método de furto mais comum é a troca do ECU, o computador central do carro.
Um dos componentes do ECU é o imobilizador e o carro só pode ser acionado se a chave utilizada estiver codificada para liberar o imobilizador.
Por isso, os ladrões passaram a furtar carros trocando o ECU.
Todos os carros a partir de 2004 são equipados com um imobilizador original de fábrica.
O Sistema é bem simples: Uma chave codificada é conectada ao computador central do veículo.
Somente se os códigos forem iguais (chave original), o motor irá funcionar.
Não existe uma maneira de acionar o motor sem burlar o imobilizador

Qual é a solução?

O Cofre Safecar

Se os ladrões trocam o ECU (computador central do carro) para furtar carros, a solução é impedir que eles possam trocar o ECU. Como?
Impedindo fisicamente que o ladrão tenha acesso aos conectores do ECU.

E é isso que a SAFECAR faz: protegemos o ECU do seu carro com um cofre blindado. No final da instalação, o Cofre Blindado SAFECAR é trancado com parafusos especialmente desenvolvidos para quebrarem no final da instalação. Desta forma, os ladrões não podem acessar o computador do seu carro ou desconectá-lo.

O SAFECAR Cofre Blindado é fabricado com alumínio de aviação e diversos outros avanços tecnológicos. Veja o vídeo abaixo para saber ainda mais.

O Cofre blindado Safecar

Quem somos?

A SAFECAR Anti-Theft Systems foi criada em 2005.

A empresa é especializada na prevenção de furtos de veículos.

Em um mundo dominado pela eletrônica, a SAFECAR descobriu que não há substituto para a proteção física e hoje é líder no desenvolvimento e integração de sistemas de proteção que combinam mecânica e eletrônica.

A empresa atualmente detém algumas patentes, além de várias outras em processo de registro, sempre um passo à frente das quadrilhas de ladrões.

A SAFECAR visa prevenir furtos, para evitar perseguições e minimizar os danos causados.